Amapá

O concurseiro é, antes de tudo, um forte. Uma lição deixada por Cliver Campos.

Se há um legado deixado por Cliver Campos, este é o da humildade de um grande ser humano, mas também a de que não existe barreira instransponível quando queremos de verdade realizar um sonho.

Acessos: 174
Avaliações
(2)
O concurseiro é, antes de tudo, um forte. Uma lição deixada por Cliver Campos.

 

O caderno ficou aberto, as canetas sob a mesa, apostilas empilhadas e muitas questões ainda por resolver, uma certa desorganização típica de todo estudante que leva com o mínimo de seriedade os estudos. Não deu tempo de fechar direito administrativo, português talvez. Infelizmente a partida para o plano divino interrompeu o sonho do jovem Cliver. Jornalista, construiu sua carreira deixando sempre boas amizades por onde passou, profissional dedicado e competente e ser humano de coração enorme.

A busca constante pelo conhecimento não é uma das virtudes mais evidentes de jornalistas amapaenses, em especial dos que apresentam programas televisivos e radiofônicos. Cliver Campos foi uma exceção, formou-se na Universidade Federal do Amapá e estava a todo vapor nos estudos para concursos públicos e com reais chances de aprovação, quando sua saúde foi comprometida e teve de ser internado. Não sabíamos, mas Cliver não voltaria mais a sentar na cadeira do cursinho. Os familiares e amigos fizeram o que foi possível para ajudar. Infelizmente existem batalhas que o ser humano e suas limitações não conseguem vencer.

Cliver Campos foi um exemplo de que é possível mudar de vida através dos estudos. Não deixou que as adversidades do cotidiano o fizessem desistir do seu sonho. Estava sempre ativo e se mostrava sempre motivado. Foi corajoso, não me refiro a coragem de saltar de paraquedas, mas aquela que nos fazem todos os dias sentar no cantinho de estudos e dedicar o tempo necessário para competir de igual modo com a enorme concorrência que existe quando o assunto é concurso público.

Se há um legado deixado por Cliver Campos, este é o da humildade de um grande ser humano, mas também a de que não existe barreira instransponível quando queremos de verdade realizar um sonho. Assim como a maioria dos leitores que não o conheceram pessoalmente, lembro a energia positiva de alguém que, em vida, transpirava energia positiva em todos os lugares por onde passava, até mesmo de forma virtual e nas aulas da vida.

O concurseiro, antes de tudo, é um forte. Cliver foi um exemplo força de vontade para todos que tiveram a honra de conviver com ele. Se lá no céu existe um cursinho preparatório ou um lugar onde pessoas se reúnem para estudar e conhecer mais sobre si e sobre o mundo, então será fácil encontrá-lo quando lá chegarmos.

Que Deus conforte os familiares e amigos deste grande ser humano e estudante dedicado que foi entre nós.

Por Keully Barbosa - Editor do Opinião e Palvras

Mestre em Letras pela Universidade Federal do Amapá

E-mail: [email protected]

(96) 9 9903-2910

Instagram: @keully.barbosa

 

Leia também

Opinião e Palavras
Image